Os Retornados Free download à 105

Os Retornados

Read & Download Os Retornados

Ueses ue entre 1974 e 1975 fizeram a maior ponte área de ue há memória em Portugal Em Angola a luta pelo poder dos movimentos independentistas espalhou o terror e a morte por um país outrora considerado a jóia do império português Nauela espiral de violência não havia outra solução senão abandonar tudo emprego casa terras fábricas e amigos de uma vida. Not really a remarkable book but good if you're looking for not much of a thinker romance Good summer book Identity Politics Inside Out you're looking for not much of a thinker romance Good summer book

Download µ PDF, eBook or Kindle ePUB free à Júlio Magalhães

Outubro 1975 uando o avião levantou voo deixando para trás a baía de Luanda Carlos Jorge tentou a todo o custo controlar a emoção Em Angola deixava um pedaço de terra e de vida Acompanhado pela mulher e filhos partia rumo ao desconhecido A uma pátria ue não era a sua Joana não ficou indiferente ao drama dos passageiros ue sobrelotavam o voo 233 O mais dif. Once again I was surprised by this Author Having lived in Africa myself as a child although having returned much before the retornado years this book spoke to my heart The Author maintains a clear neutrality telling the stories and view points with richness and fidelity to history Loved the bookMaria CarmoLisbon 27 January 2016

Júlio Magalhães à 5 Free download

ícil da sua carreira como hospedeira No meio de tanta tristeza Joana não conseguia esuecer o olhar firme e decidido de Carlos Jorge Não percebia poruê mas auele homem perturbava a profundamente Despertava a para a dura realidade da descolonização portuguesa e para um novo sentimento ue só viria a ser desvendado vinte anos mais tarde Foram milhares os portug. LETRAS ILETRADAS RETORNADOSA journalist is trained to simplify and thrill his audience Only a few can create a good story The first book of Júlio Magalhães is a successful caseThe simple writing the clear language and a misterious story transpires a journalist's vision of an historical romance The suspense in every line fills the reader with expectations frustrations and even happiness that uickly fade awayThis book mixes the trust of the optimist of a better life with the dismay of those who abandon not only a house and a job but also hopeThere's a lot to say about the colonialism era of Portugal but not many books tell the story through the people's voice The abandonment the lost the waiver These feelings are showed in casual but fill of emotion conversations between Joana and the passengers of the 233 Flight The trip from Luanda to Lisbon bridges the dichotomy of a controversial warOs Retornados arouses a reflection on consciousness love and life The fear of starting over and the little hope to face the future are spicied brightly with a little sugar on the top of some fried eggs


10 thoughts on “Os Retornados

  1. says:

    Houve um aspecto ue ensombrou desde o início a leitura deste livro o facto de este tratar se de uma mera encomenda comercial feita pela editora “Esfera dos Livros” Não só foi afirmado pelo autor nas várias entrevistas ue deu na altura do lançamento como o salienta logo nas primeiras páginas em jeito de justificação e explicação da génese deste projecto comercial Senão me engano o Júlio Magalhães terá mesmo dito ue houve “peuenos acertos” com a editora ue levaram a inclusão de uma personagem E chama ele a isso um “peueno” acerto Enfim fiuei com a ideia de ue estava perante pouco mais de 300 páginas ue simplesmente viram a luz dos expositores das livrarias porue a editora apostou em encomendar um livro ue fosse escrito por alguém conhecido desse grande público ue é consumidor de televisãoNeste caso a aposta recaiu sobre um jornalista ue actualmente trabalha na TVI e pelos vistos ganhou algum carinho junto dos telespectadores Tal facto reflecte se na concepção e produção do livro pesuisas e uma série de entrevistas para juntar matéria prima seguido da composição de uma narrativa de forte matriz jornalística Pelo menos é assim ue decorrem praticamente dois terços do livro uma descrição da situação política de Portugal e de Angola com especial destaue ao período pós revolucionário a descrição do rumo político seguido na descolonização e a grande ponte aérea para trazer os portugueses e angolanos ue sentiram ue tinham ue abandonar tudo; um texto escrito num estilo ue faz lembrar por vezes um artigo de grande reportagem Falta ualuer coisa? Hum deixa ver Ah Pois Uma falta de história Para além de serem introduzidas as personagens da história – e refiro me às personagens ficcionadas e após algum desenvolvimento sobre o background ue sustenta a estrutura psicológica de cada uma delas não se passa mais nada Apenas isso nadaDuzentas páginas mais tarde estamos em 1995 É então ue começa o verdadeiro drama assistimos ao desenrolar de uma novela ao pior estilo revista Maria com todos os reuintes românticos capazes de fazer palpitar os corações das donzelas ue lêem o livro incluindo o clássico pedido de casamento num lugar completamente improvável apanhando a mulher de surpresa e na presença muita gente Uma mão cheia de lugares comuns tendo o autor conseguido a proeza de juntar tudo num só livro Penso ue nem Nicholas Sparks chega tão baixoNão fosse o relato da ponte aérea ue trouxe os milhares de portugueses de regresso a Portugal o livro não valia seuer o papel em ue foi impresso Há sempre uma solução arrancar as últimas 100 páginas e guardar o resto do livro junto dos manuais de história Sempre se aproveita ualuer coisa


  2. says:

    Júlio Magalhães jornalista conhecido estreou se na ficção com este Os Retornados Nele retrata o drama de todas as pessoas ue num acto de desespero regressaram a Portugal após o 25 de Abril de 1974 Confesso ue estava à espera de um livro um pouco diferente É um livro com uma forte componente histórica onde os factos reais se sobrepõem aos factos ficcionais e não sei se isso me agrada uando o ue eu procuro é na realidade uma história inventada Nesse aspecto desiludiu me um poucoMas vê se uma pesuisa muito intensa e muito detalhada por parte do autor tanto ue por vezes tive a sensação de estar a ler um livro técnico sobre esse tema Depois lá aparecia a Joana personagem principal e voltava a entrar na ficção E gostei Gostei do enredo apesar de o achar um tanto ou nada previsível No seu conjunto é um livro com uma leitura agradável ue nos dá a conhecer o outro lado do 25 de Abril daueles para uem a revolução não trouxe uma melhor ualidade de vida


  3. says:

    Once again I was surprised by this Author Having lived in Africa myself as a child although having returned much before the retornado years this book spoke to my heart The Author maintains a clear neutrality telling the stories and view points with richness and fidelity to history Loved the bookMaria CarmoLisbon 27 January 2016


  4. says:

    Lê se mas exceção feita à descrição da ponte aérea entre Luanda e Lisboa ue é feita de forma verdadeiramente envolvente considerei um romance vulgar com referências históricas ue demonstram a alma jornalística do autor


  5. says:

    LETRAS ILETRADAS RETORNADOSA journalist is trained to simplify and thrill his audience Only a few can create a good story The first book of Júlio Magalhães is a successful caseThe simple writing the clear language and a misterious story transpires a journalist's vision of an historical romance The suspense in every line fills the reader with expectations frustrations and even happiness that uickly fade awayThis book mixes the trust of the optimist of a better life with the dismay of those who abandon not only a house and a job but also hopeThere's a lot to say about the colonialism era of Portugal but not many books tell the story through the people's voice The abandonment the lost the waiver These feelings are showed in casual but fill of emotion conversations between Joana and the passengers of the 233 Flight The trip from Luanda to Lisbon bridges the dichotomy of a controversial warOs Retornados arouses a reflection on consciousness love and life The fear of starting over and the little hope to face the future are spicied brightly with a little sugar on the top of some fried eggs


  6. says:

    A única razão ue me levou a terminar este livro foi conhecer um pouco mais da história dos chamados retornados já ue a narrativa não é apelativa e a história de fundo é muito forçada


  7. says:

    Not really a remarkable book but good if you're looking for not much of a thinker romance Good summer book


  8. says:

    Este livro demonstrou se de leitura fácil e acessível tem um final bonito e demonstra e transmite bem os sentimentos e pensamentos de pessoas ue passaram pela dificuldade da descolonização de 1975 Conseguimos ver uma grande pesuisa e trabalho por parte do autor e ue grande parte deste livro é bastante explicativo com os acontecimentos deste anoNo entanto achei um romance fraco em termos de desenvolvimento pois este apenas é desenvolvido num tom mais sério nos últimos capítulos dando mais uma sensação de passagem rápida do ue de um amor “á primeira vista” ue se tornou intenso e completo como deveria de ser Ou seja na minha opinião um livro ue tem como tema principal o romance misturado numa importante pedaço de história devia demostrar um amor apaixona te ardente e sufocante no bom sentido mas acaba por nos entregar uma troca de falas ue só é desenvolvida passado 27 anos e de maneira muito rápida concentrado se muito na parte técnica da história dos acontecimentos e não na ficção do romanceConsidero este livro mediano


  9. says:

    Gostei muito da história a estrutura está bem pensada os detalhes dão muita vida às personagens ue se entrcruzam Um livro simples mas sentido ue se lê de uma penada


  10. says:

    Outubro de 1975 uando o avião levantou voo deixando para trás a baía de Luanda Carlos Jorge tentou a todo o custo controlar a emoção Em Angola deixava um pedaço de terra e de vida Acompanhado pela mulher e filhos partia rumo ao desconhecido A uma pátria ue não era a sua Joana não ficou indiferente ao drama dos passageiros ue sobrelotavam o voo 233 O mais difícil da sua carreira como hospedeira No meio de tanta tristeza Joana não conseguia esuecer o olhar firme e decidido de Carlos Jorge Não percebia poruê mas auele homem perturbava a profundamente Despertava a para a dura realidade da descolonização portuguesa e para um novo sentimento ue só viria a ser desvendado vinte anos mais tarde Foram milhares os portugueses ue entre 1974 e 1975 fizeram a maior ponte área de ue há memória em Portugal Em Angola a luta pelo poder dos movimentos independentistas espalhou o terror e a morte por um país outrora considerado a jóia do império português


Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *